Acne- Idade- Nutrientes- Pele- Review de Produtos- Rotina Skincare- Solar- Todos
Cadastre-se
Voltar a página inicial
Sua pele é hidratada? Entenda a função da barreira cutânea

Quantos litros de água você já bebeu hoje? Se você só parou pra pensar nisso agora e percebeu que sua garganta está mais seca que um deserto, já vai buscar um copo de água pra terminar de ler esse texto bem hidratada!

Que a água é essencial para a sua saúde, você já deve estar cansada de saber. Só para dar mais uma reforçada, para se ter uma ideia, a pele de um adulto é composta de 70% de água.

Afinal, onde está toda essa água que a gente nem percebe? Dois terços dessa água está nas camadas mais profundas da derme, enquanto um terço fica na epiderme. Por isso, a hidratação é fundamental para manter a saúde da barreira cutânea.

Ou seja, para ter uma pele saudável, você precisa abastecer seu corpo com água frequentemente.

Mas é claro que alguns fatores fogem do nosso controle e podem prejudicar a barreira cutânea, uma película hidrolipídica que cobre e protege a superfície da pele. Alguns exemplos como o envelhecimento da pele e as agressões externas impedem que a barreira cutânea cumpra sua função reguladora da perda de água.

E aí não tem jeito: se a gente perde hidratação, a pele perde vitalidade e se desidrata.

Se a pele não tem água, acaba ficando sem uniformidade e desidratada, perdendo elasticidade e flexibilidade. Assim, surgem as tão temidas linhas de pele seca e a sua pele perde o brilho totalmente.

Quer saber se a sua pele é hidratada ou não? Entenda melhor a diferença entre uma pele hidratada e uma pele desidratada:

Pele hidratada
Pele hidratada de maneira adequada
Camada córnea
(Barreira natural)
Pele desidratada
Escamas nos lipídeos intercelulares (o cimento da pele)
Consequência: perde-se água mais rapidamente
Pele que sofre com desidratação
Camada córnea
(Barreira natural)

Você já tomou um banho muito quente ou usou um sabonete muito forte no rosto e depois sentiu como se sua pele estivesse repuxando? Esse pode ser um sinal importante de que a sua pele está desidratada. Essa sensação de repuxe é um tipo de hipersensibilidade que acontece quando você não usa produtos adequados.

Veja também: Como cuidar de uma pele desidratada para que ela recupere o aspecto saudável?

E se você está lavando o seu rostinho para se livrar da oleosidade, é aqui que o tiro acaba saindo pela culatra. Para recriar a película hidrolipídica da barreira cutânea, a pele desidratada pode produzir sebo/oleosidade em excesso, reação conhecida como hiperseborreia.

Esse é o alerta final, é sua pele pedindo socorro por uma hidrataçãozinha.

Mas nada de desespero! Pele desidratada é uma condição transitória e reversível. Se você usar produtos para a manutenção da barreira cutânea adequados, desenvolvidos especialmente para hidratar a pele, e adotar uma rotina diária de cuidados, junto com um estilo de vida saudável, sua pele pode recuperar toda a flexibilidade e o vigor natural.

Vale lembra que qualquer pessoa pode ter desidratação da pele (inclusive quem tem pele oleosa, ok?). Ou seja, existe uma diferença entre o tipo de pele (seca, oleosa, mista etc.), que é uma característica, e a sua condição (ressecada, hidratada, desidratada etc.), que é transitória.

Seja amiga da sua pele, olhe ela de perto e entenda o que ela precisa para oferecer os produtos que vão tratá-la da melhor maneira. E não se esqueça de sempre consultar um dermatologista em caso de dúvidas, ok?

©JNTL Consumer Health (Brazil) Ltda.2023.Todos os direitos reservados.
Este site é de propriedade da JNTL Consumer Health (Brazil) Ltda., única responsável por seu conteúdo, e destina-se a residentes no Brasil.