Acne- Idade- Nutrientes- Pele- Review de Produtos- Rotina Skincare- Solar- Todos
Cadastre-se
Voltar a página inicial
Como reduzir e prevenir cravos e espinhas

Muitas pessoas podem achar que ter acne é um problema bobo, mas só quem convive com ela sabe o quanto isso pode afetar a autoestima. Mas aqui é lugar de se amar e se cuidar! Por isso, hoje, vamos falar sobre como reduzir e prevenir cravos e espinhas.

A primeira coisa que você precisa saber é que a acne é um problema crônico que exige uma rotina diária de tratamento e não apenas soluções de emergência usadas cada vez que surge uma mancha.

Não importa se você está lidando com aquela espinha gigante ou vários cravos menores: é preciso seguir o tratamento adequado para reduzir a acne inflamada, além de estabelecer uma rotina de limpeza e cuidados antiacne para sua pele, a fim de evitar o surgimento de novos problemas.

E a gente sabe que a vontade de espremer tudo é muito grande, mas segura a louca dos cravos e espinhas que existe em você! Nunca se deve tocar ou espremer uma espinha, mas a gente sabe que não dá para simplesmente ignorar o aparecimento da acne, né?

Para que você se livre rapidamente dela, os especialistas recomendam um processo ativo de tratamento. E quanto mais você demora a tratar de uma espinha, quando ela surge, mais ela demora a desaparecer. Para algumas pessoas, sobretudo para quem tem pele mais escura, as espinhas podem deixar mancha, também conhecida como hiperpigmentação.

Caso tenha uma única espinha inflamada, use um tratamento antiacne específico, de uma a três vezes ao dia, até que desapareça. Os especialistas em acne de NEUTROGENA® recomendam um produto com ácido salicílico para esfoliar e desobstruir os poros.

Além disso, preste atenção ao que você coloca sobre as espinhas à medida que elas vão melhorando. É claro que a vontade de cobrir as marquinhas com uma maquiagem rebocão é forte, mas isso pode agravar o problema e fazer com que as espinhas durem mais tempo.

Quando você tiver espinhas ativas, é importante deixar que a pele respire e evitar o uso de qualquer produto comedogênico (ou seja, que obstrua os poros) que possam absorver sujeiras, oleosidade e bactérias.

Qual a melhor opção, segundo os especialistas? Sempre que possível, não utilizar maquiagem. Mas caso tenha que usar, escolha uma base que combine uma cobertura leve com ácido salicílico, a fim de combater cravos e espinhas ao mesmo tempo que esconde seu surgimento.

Para prevenir a formação de espinhas, mantenha a rotina correta de cuidados para a pele: limpar duas vezes ao dia com um gel de limpeza, aplicar um hidratante leve que não obstrua poros e escolher um protetor solar não comedogênico.

Lembrando que o profissional que te ajuda a encontrar a rotina ideal para a sua pele e evitar cravos e espinhas é o dermatologista.

©JNTL Consumer Health (Brazil) Ltda.2023.Todos os direitos reservados.
Este site é de propriedade da JNTL Consumer Health (Brazil) Ltda., única responsável por seu conteúdo, e destina-se a residentes no Brasil.